A automação de marketing é uma grande aliada de todos aqueles que querem extrair o máximo que o marketing digital pode oferecer. E, ao contrário do que muitos diretores podem pensar, essas ferramentas também devem fazer parte do dia a dia de pequenas e médias empresas, sejam elas B2C ou B2B.

Embora a automação proporcione uma produtividade muito maior, é importante lembrar que elas precisam de estratégia para funcionar. Não dá para esperar que a ferramenta trabalhe sozinha, então, é bom ter em mente que será preciso um esforço inicial no entendimento de fluxo de nutrição, qualificação de leads e segmentações.

E é sobre isso que vamos falar hoje: estratégias de automação de marketing que vão potencializar os resultados obtidos pelas ferramentas. Esteja você implementando a automação de marketing na sua empresa ou buscando dicas para repensar suas definições, continue a leitura que vamos detalhar melhor 4 estratégias que podem ser aplicadas em ambos os casos. Acompanhe.

Automação de marketing: estratégia acima de tudo

Aqui no blog, sempre falamos que marketing digital é um trabalho constante. Embora amparado pela tecnologia, que hoje possibilita uma mensuração em tempo real dos resultados, o trabalho em marketing digital precisa ser revisto com frequência para que nenhum esforço seja em vão. As coisas não estão caminhando para onde deveriam? Hora de sentar, analisar e repensar a estratégia.

Ao trabalhar de forma ordenada, você consegue extrair os principais benefícios oferecidos pela automação de marketing:

  • comunicação mais personalizada com cada etapa do funil de vendas;
  • nutrição dos leads que ainda precisam amadurecer;
  • leads mais preparados para a venda;
  • diminuição do ciclo de vendas;
  • aumento do ticket médio.

Automatizar os processos de marketing faz com que a equipe possa trabalhar de forma muito mais estratégica, dando atenção às definições e análises, otimizando um tempo que antes era ocupado com tarefas manuais.

4 estratégias de automação de marketing para começar ainda hoje

Para que as ferramentas de automação de marketing possam cumprir sua função de auxiliar na produtividade, é preciso definir estratégias que serão o parâmetro de funcionamento da ferramenta.

1. Planeje

Partir logo para a execução sem ter uma definição clara de quais são os objetivos do fluxo é garantia de retrabalho. E é justamente para aumentar a produtividade que você investiu na automação de marketing, certo? Então, antes de começar a programar os parâmetros, invista tempo no planejamento das ações.

Revise os pontos básicos como perfil de cliente ideal, o conteúdo utilizado em cada etapa do funil de vendas e os fluxos de nutrição. É importante que você desenhe, literalmente, esse planejamento. Seja você adepto do papel ou dos quadros digitais, deixe seu plano de ação bastante visual. Isso ajuda a entender melhor o fluxo como um todo, possibilita insights e auxilia a identificar gatilhos de entrada.

2. Crie fluxos de nutrição alternativos

Você não pode presumir que há um único caminho a ser seguido dentro do funil de vendas, assim como não há um único canal de geração de leads. Se você tem um blog, por exemplo, que abrange mais de um tema, é claro que nem todos os leads têm os mesmos interesses. Portanto, tratá-los de maneira igualitária pode eliminar a chance de ter uma comunicação personalizada com os seus leads.

VÍDEO

4 passos para contornar a crise e aumentar suas vendas

Acesse aqui e assista ao vídeo

Prever os diferentes interesses abre uma opção de segmentação muito mais interessante e muito mais rica.

3. Defina estágios no seu funil

Assim como sua base de leads é composta por prospects diferentes, elas também têm discrepâncias no que diz respeito à qualificação. Um lead recém-chegado ainda não tem interesse em saber como a sua solução pode ajudá-lo, portanto, deve ter um fluxo específico que o eduque até chegar a essa conclusão.

Da mesma forma que leads já mais qualificados, que já baixaram materiais, assinaram newsletter, por exemplo, precisam de um “empurrãozinho” para fechar a venda, então, não faz sentido ficar mostrando a ele um problema que ele já sabe que tem.

É por este motivo que analisar a sua jornada de compras é tão importante, para poder prever como tratar esse lead de maneira única e assertiva. Você também pode definir milestones, que nada mais são que marcos que mostram quando o lead avança na jornada.

4. Crie campanhas seriadas

Independentemente do estágio de maturidade do lead dentro do seu funil, as campanhas seriadas costumam apresentar bons resultados. Configure o disparo de e-mails em série para a base de leads (lembrando que você pode ter várias bases ao mesmo tempo, dependendo da maturidade dos prospects) de forma a manter-se presente no dia a dia dele, oferecendo materiais relevantes e que estimulem a caminhada pelo processo. Em empresas com ciclo de vendas mais longos, as campanhas seriadas são especialmente recomendadas.

Mas, vale ressaltar o que falamos lá no começo deste artigo: não dá para configurar a sua ferramenta de automação de marketing e esperar que os leads cheguem cada vez mais quentes para a equipe de vendas. Depois de estruturar e aplicar essas estratégias, o trabalho se mantém constante com a análise dos dados.

Nas campanhas seriadas, por exemplo, você terá muitas informações sobre taxa de abertura de e-mails e cliques em links. Durante o decorrer da campanha, analise quem não está abrindo os seus e-mails e teste novos assuntos; caso os links não estejam sendo acessados, crie novos templates e novas mensagens. Um dos grandes benefícios da automação de marketing também está na possibilidade de realizar e mensurar testes com a sua base.

Para finalizar, uma última dica ainda no que diz respeito aos e-mails: evite colocar mais de um link por e-mail. A automação de marketing pode até fornecer os dados sobre qual link foi acessado, mas isso torna a análise muito mais dificultosa, enquanto apenas um link pode oferecer dados muito mais ricos sobre segmentação e interesses do lead.

E aí, gostou de saber mais como as estratégias podem ajudar você a extrair o máximo da automação de marketing? Se a sua empresa precisa de ajuda para definir as estratégias de automação mais eficazes para o seu negócio, fale com um dos especialistas da Tsuru!

E-book: Facebook para negócios locais