Gerar leads qualificados, sem dúvida, está entre as principais atribuições de qualquer time de marketing digital. E não é para menos, pois mostra que o visitante está, de fato, interessado nas soluções que você apresenta. Tanto que está disposto a dar informações pessoais para consegui-las.

E dá para imaginar como essas informações são preciosas para os direcionamentos! Em posse desses dados, o time de marketing pode adotar novas ações para nutrir esses leads e fazer com que continuem caminhando até onde a sua empresa deseja: a compra. Mas, esse é assunto para outra hora.

O importante agora é: como gerar leads qualificados para a indústria? Neste post, vamos bater um papo sobre leads qualificados e dar 4 dicas de como consegui-los. Boa leitura!

O que são leads qualificados?

Eles são o resultado de uma caminhada que transformou um completo estranho em alguém que deu a você informações importantes como e-mail, endereço, telefone, em troca de informações oferecidas pela sua empresa. Ou seja, leads qualificados estão muito próximos de se converterem em clientes, pois dão mais “munição” para o seu time de marketing.

Mas, você deve imaginar que é bastante difícil uma pessoa que nunca ouviu falar da sua empresa ceder tais dados em troca de um e-book. Pois é, gerar leads qualificados é o resultado de uma caminhada que começou quando ele acessou seu site ou blog pela primeira vez, quando ainda era um estranho e o seu material o transformou em visitante.

Mas, então, como transformar um visitante aleatório em alguém muito próximo de adquirir o que a sua indústria oferece? O marketing de conteúdo é o primeiro passo. Mas, vamos ver melhor essa história no tópico abaixo. Confira!

Como gerar leads qualificados para a indústria?

1. Invista em conteúdo

Se você já conhece um pouco sobre o marketing digital, deve saber a importância de uma boa estratégia de conteúdo para gerar bons resultados. Como falamos acima, os seus conteúdos é o que irão transformar visitantes aleatórios em visitantes frequentes, para que só então você possa transformar esses visitantes em potenciais clientes.

Tudo gira em torno do conteúdo. E, para criá-lo, leve sempre em conta as 4 etapas da jornada de compra no marketing digital e crie material relevante para cada uma delas.

2. Tenha uma oferta irresistível

Ao analisar a sua buyer persona você sabe, certamente, qual o maior problema que ela precisa resolver. E sabe também qual produto da sua indústria acaba perfeitamente com essa dor de cabeça. Pois bem, é hora de explorar o que você tem a oferecer.

VÍDEO

4 passos para contornar a crise e aumentar suas vendas

Acesse aqui e assista ao vídeo

Ao final da jornada de compra, o lead sabe que tem um problema e que precisa resolvê-lo, então, ofereça um material rico, como um e-book, por exemplo, que irá solucionar as principais dúvidas dele. Dessa forma, você se posiciona como uma fonte confiável de informação.

3. Tenha uma landing page para cada oferta

É imprescindível que você tenha uma landing page criada para cada oferta justamente pelo princípio básico de toda landing page: ser clara e concisa. Elas servem para que você capte dados do visitante, portanto, não ofereça distrações, como o menu do seu site ou links de navegação. Uma boa landing page deve conter:

  • um bom título: a dica aqui está na clareza. Um texto claro é mais eficaz que um texto cheio de voltas retóricas;
  • descrição da oferta: novamente, seja breve. Pontue o que o visitante irá encontrar ao solicitar o material e como ele irá ajudar a resolver seu problema;
  • referência visual da oferta: uma boa imagem ou um vídeo curto que ilustrem o seu material;
  • formulário: pense em quais informações são relevantes para o seu negócio. Preze por formulários curtos, que não tomem muito tempo do visitante;
  • CTA: seja direto e chamativo, use verbos no imperativo e o posicione de forma forte e apropriada.

Uma boa dica é aplicar testes A/B: teste versões diferentes da mesma landing page (diagramação diferente, outras cores) e veja depois qual performou melhor.

4. Não esqueça as redes sociais

Redes sociais profissionais, como o LinkedIn, são ótimos canais de captação de leads qualificados. Ali, os profissionais compartilham dados mais aprofundados, como segmento de atuação, e-mail e contatos telefônicos que permitem Ao time de marketing oferecer as soluções adequadas ao perfil.

Porém, é fundamental que você não encare o fato de gerar leads qualificados para a indústria como a fase final do processo. Esse é apenas um passo importantíssimo dado pelo seu visitante rumo à fase que realmente interessa a sua empresa: a venda.

Quer mais detalhes de como fazer gerar leads qualificados para a sua empresa? Entre em contato com a gente!

E-book: Facebook para negócios locais