Que atire a primeira pedra quem nunca passou o final de semana no sofá maratonando uma série que, simplesmente, não dava para parar! Quem trabalha com marketing tem uma ótima desculpa para cancelar a balada com os amigos e dar o play na Netflix, afinal, é preciso estar sempre por dentro do que anda acontecendo para ter uma boa bagagem, não é? E, vamos combinar que a velocidade de lançamento de produções está cada vez maior, o que exige bastante da gente…

Brincadeiras e desculpas para ficar em casa no sábado à noite à parte, algumas séries têm sido dignas de maratona não só pela qualidade da produção ou roteiro, mas também por terem muito a ensinar aos profissionais de marketing. E, neste artigo, reunimos 7 séries disponíveis no catálogo da Netflix para você adicionar à sua lista e assistir o quanto antes!

7 séries indispensáveis para profissionais de Marketing

1. Abstract: The Art of Design

Em 8 episódios, essa série documental da Netflix explora o processo criativo de profissionais de diferentes campos do design. Nos episódios, você descobre como pensam e criam profissionais referência em design de automóveis, de interiores, ilustração e arquitetura e o que faz com que seus pensamentos sejam tão inspiradores.

A série se propõe a entrar na mente dos criadores e proporciona uma imersão no design em (quase) todas as suas formas. Outro ponto interessante de se observar em Abstract: The Art of Design é a forma como a série derruba o mito do criativo excêntrico, mostrando que a criatividade é, sim, fruto de muito trabalho duro.

2. Black Mirror

Se você trabalha com marketing digital já deve ter se deparado com alguma inovação que o fez exclamar: “Isso é muito Black Mirror”. A série britânica, também produção da Netflix, já virou sinônimo de tecnologia e inovação. Nos episódios, esse é o tema central. Quer dizer, o tema central pode ser definido no impacto da tecnologia em nossas vidas.

Ao longo de cinco temporadas a série explora temas que levantam reflexões como qual o limite entre proteção e controle (como em Arkangel, da segunda temporada), a obsessão por likes nas mídias sociais (tema de Queda Livre, da terceira temporada) e qual a responsabilidade das empresas de tecnologia a respeito do uso que fazemos da plataforma (foco do episódio Smithreens, da última temporada).

3. GirlBoss

Em 2006, aos 22 anos, Sophia não parecia ter um futuro muito promissor pela frente: depois de passar anos rodando os Estados Unidos de carona e furtando lojas, agora se via presa a um emprego medíocre apenas por causa do seguro saúde. Até que entra em um brechó e faz o que millenials fazem de melhor: usou o poder da internet para virar o jogo.

A história é real e baseada na trajetória de Sophia Amoruso, criadora do site Nasty Gal. A ideia era simples: comprar roupas em brechós e vender online. Mas, não se esqueça: estamos falando de 2006! Girlboss traz dicas que agora, 13 anos depois da criação do Nasty Gal, entraram de vez na vida de quem trabalha com marketing: a importância de uma boa foto, como caprichar na descrição é um diferencial que acelera vendas ao fazer com que só quem tem real chance de compra entre em contato e como o jogo de cintura com o cliente é primordial para a sobrevivência da empresa ― mesmo quando ele não tem muita razão na reclamação.

4. Suits

Bom, na verdade, Suits não é uma série sobre marketing, não se passa em uma agência ou lida diretamente com o tema. Ela acontece em um dos mais respeitados escritórios de advocacia de Nova York e acompanha o dia a dia da dupla de advogados Mike Ross e Harvey Spencer. Ok, e o que um marqueteiro pode tirar dessa série?

Em um primeiro momento, identificação. Os caras passam o dia todo resolvendo problemas, apagando incêndios e, se você lida com marketing, vai ser impossível não se ver em cena. Suits também mostra como cada caso é um caso e como saber tudo sobre o cliente é imprescindível para o sucesso da estratégia ― te lembra algo sobre persona e perfil de cliente ideal?

E-BOOK

Facebook para negócios locais

Um guia prático, com passo a passo, para negócios locais alcançarem mais clientes. Se você tem um negócio local, baixe agora gratuitamente este e-book.

Acesse aqui o e-book

5. Mad Men

Não dá pra falar de marketing e de séries sem citar Mad Men! A série, que conta com 7 temporadas, acompanha o dia a dia de uma grande agência de propaganda da Nova York dos anos 60. A série mostra, ao acompanhar o diretor de criação Don Draper, os chamados “Anos Dourados da Propaganda” e é essencial para todos que lidam com propaganda ou marketing perceberem que muita coisa mudou e que muitas ainda precisam ser mudadas!

Mad Men acabou em 2015, mas deixou seu nome na história da produção audiovisual como umas das séries mais fiéis ao contexto histórico e estética visual (com muitos prêmios para corroborar a qualidade técnica da série.

6. Sense8

“Uma conversa de fim de noite sobre como a tecnologia nos une e nos divide ao mesmo tempo”. É assim que as criadoras de Sense8 explicam a ideia que deu origem à série produzida pela Netflix. Nela, 8 estranhos espalhados ao redor do mundo e que parecem ter em comum apenas a data de nascimento, têm uma estranha conexão mental que os permite “estar na pele” do outro, compartilhando a linguagem, comunicação, habilidades e sensações físicas.

Embora não esteja diretamente ligada ao marketing, a série traz uma poderosa lição sobre empatia, colocando personagens de realidades e locais diferentes para sentir o peso da cultura e dos conflitos de um estranho. E todo marketeiro sabe que assim como a propaganda, a empatia pode ser a alma de muitos negócios.

7. Império de Memes

O último da lista não é uma série, é um filme: Império de Memes, comandado pela influencer Paris Hilton (a herdeira, na verdade, é influencer antes mesmo do termo existir, sendo considerada por muitos a embaixadora do exibicionismo virtual) e mostra o começo da carreira de quem ganha a vida com a internet.

O filme explora os caminhos percorridos por quatro influencers e quais os limites da exposição online.

E aí, gostou da nossa lista? Conhece mais outras séries disponíveis na Netflix essenciais para profissionais de marketing que deixamos de citar? Deixe nos comentários e, quem sabe, logo mais vamos atualizar a lista com a sua sugestão.

E, se quiser trocar uma ideia sobre o marketing digital da sua empresa, fale com a gente!

Campanha Renove-se 2019