O que você acha da possibilidade de realizar testes em sua página a fim de identificar o que, de fato, dá certo e gera resultados bem mais interessantes? Pois esta é a proposta do Teste A/B, cujo objetivo é pôr dois modelos à prova a fim de checar qual deles é mais capaz de aumentar a taxa de conversão do seu site.

De que forma tais testes são feitos?

A ferramenta se aplica da seguinte forma: as duas versões são apresentadas de maneira aleatória, num mesmo período, mas com algum detalhe – qualquer item do site, a posição de algum dado, as cores, ou o tipo de texto, por exemplo – que as diferencie. O resultado indicará qual das duas é a mais eficaz, isto é, qual delas realmente faz a diferença na lucratividade da empresa e que, por esta razão, mais vale a pena investir. É bom destacar também que no Teste A/B não há a influência de agentes externos, o que faria dele impreciso.

[Webinar]

Não deixe o seu marketing em quarentena. Saiba o que fazer!

Webinar sobre os desafios da quarentena para o mercado e ações práticas de marketing que você pode executar para diminuir os impactos da crise e te ajudar a passar por este momento.

Acesse aqui e assista agora

E-BOOK

Facebook para negócios locais

Um guia prático, com passo a passo, para negócios locais alcançarem mais clientes. Se você tem um negócio local, baixe agora gratuitamente este e-book.

Acesse aqui o e-book

Alguns itens aparecem como os principais responsáveis por alterar os resultados das páginas e o Teste A/B mostra qual alteração foi a responsável pelo aumento das conversões. A forma como uma oferta é descrita, imagens ou vídeos e call to actions são apenas alguns deles, mas há uma série de recursos capazes de estimular as compras em um site. Cada empresa tem a sua maneira de se apresentar ao seu público, cada segmento tem suas peculiaridades e cada público tem uma maneira muito própria de se relacionar com o objeto de desejo, isto é, com a marca com que tem mais afinidade. Tudo isso e muito mais deve ser levado em consideração quando esses testes forem aplicados.

Apesar de esses itens serem ótimos indicadores, não convém usá-los ao mesmo tempo.  O motivo é bem simples: ao pôr à prova mais de um elemento, fica praticamente impossível detectar qual deles contribuiu para que resultados mais satisfatórios aparecessem. Adote, sim, este modelo, crie duas versões da sua página, mas ao aplicar o teste, vá com calma. Os resultados aparecerão se você conduzir isso sem muita pressa. Em outra oportunidade, se for do seu interesse, faça duas novas versões do seu site e aplique outro elemento que também ajude a apontar o que gera mais conversões, mas, em um primeiro momento, o melhor a fazer é ser cauteloso para que os resultados sejam precisos e, de fato, indiquem o que deve ser feito para melhorar o desempenho do seu negócio.

Vamos usar como exemplo os dados exigidos no preenchimento de um formulário. Parece algo sem muita importância, não é mesmo? Pois não é. As informações solicitadas neste tipo de ação dentro de um site podem ser determinantes para derrubar o número de conversões. Acredite!  Vale a pena ver para crer. Faça o Teste A/B sugerido neste artigo e aguarde o resultado. Sem dúvida, um dado a menos poderá fazer grande diferença na sua taxa de conversões.

Ao adotar a versão que, verdadeiramente, promove melhorias em seu site e aumenta as suas conversões, você só tem a ganhar. Não faça mudanças baseadas em intuições ou no que deu certo com a concorrência. Baseie-se no que, efetivamente, traz resultados interessantes para o seu negócio. O Teste A/B é a melhor maneira de obter isso, uma vez que não lida com suposições, mas, sim, com dados concretos. Agora se você ainda tem dúvidas com relação a isso, fale conosco para que possamos mostrar por que e de que você deve aplicar esta técnica no seu negócio.

Campanha Renove-se 2019