Seja a sua instituição de ensino uma escola de idiomas, de ensino básico ou superior, todas têm uma mesma meta em todos os inícios de semestre: captar mais alunos e reter os que já estão na instituição. Hoje, a gente vai te dar algumas dicas valiosas de como usar a internet, ou melhor, o Inbound Marketing para alcançar esse objetivo.

Ele é chamado também de marketing de atração por um motivo justo: visa educar o cliente a respeito da sua solução através de materiais online (blogposts, e-books, infográficos, site, redes sociais, etc). Dessa forma, a instituição consegue se colocar como uma aliada na escolha do prospect, gerando autoridade e fazendo também com que eles cheguem mais bem informados no momento de fechar negócio.

Qualquer empresa, de qualquer segmento, pode se valer do Inbound Marketing. Instituições de ensino, especialmente. Mas, antes de saber como, você precisa conhecer melhor um conceito fundamental para qualquer estratégia desse novo modelo.

Jornada de compra: entenda o seu papel na hora de captar mais alunos

Escolher uma instituição de ensino não é algo que se faz todos os dias, certo? E também ninguém se matricula por impulso ou porque achou aquele outdoor no centro da cidade incrível. Essa é uma decisão tomada com calma e, claro, com muita pesquisa. Você mesmo, quando quer saber de algo, precisa de uma informação sobre algum produto, serviço ou conceito, onde recorre? Sim, à internet!

Com os alunos que você quer captar acontece justamente isso. Antes de chegarem até você, eles irão se informar sobre metodologia, preço, localização, enfim, irão basear sua escolha em informação. O que o Inbound propõe é que você ofereça as suas informações. Você dá conteúdo, tira as dúvidas e, em troca, tem um banco de dados com as suas oportunidades de negócio.

Bom, mas, voltando à jornada de compra: ela é isso mesmo que o nome propõe, os passos que o prospect caminha até chegar ao contato com a sua instituição de ensino. No Inbound, o objetivo é sempre que ele venha até você, não o contrário. A jornada de compra é composta por quatro fases:

1. Aprendizado e descoberta: é quando o prospect descobre que tem um problema. Seja a carreira que não decola por falta de fluência em um outro idioma ou de qualificação com ensino superior, por exemplo, neste momento você precisa mostrar a ele um problema que ele ainda não havia percebido.

2. Reconhecimento do problema: ok, ele já entendeu que tem um problema. E como ele vai resolvê-lo? Agora é a hora que ele vai entender que investir em um bom curso de idiomas, uma faculdade ou curso profissionalizante é a solução que ele procura.

3. Consideração da solução: ele já sabe que a carreira não alavanca porque não tem diploma superior ou fluência em outra língua. Agora, precisa considerar as soluções, afinal, escolas de idiomas têm aos montes por aí, faculdades também têm várias oferecendo descontos.

4. Decisão de compra: chegou o momento que você estava esperando, a hora em que o prospect vai decidir pela instituição de ensino. É só nessa etapa, depois de muita informação, que ele está pronto para dar seu veredito.

Agora que você já leu e entendeu sobre a jornada de compra, está na hora de te contar que é você quem conduz o prospect por ela. Ao contrário da mídia tradicional, em que você compra 30’’ na grade local e espera o telefone tocar, no Inbound Marketing você assume o comando de tudo e consegue determinar qual o próximo passo que o seu prospect precisa dar.

E-BOOK

Facebook para negócios locais

Um guia prático, com passo a passo, para negócios locais alcançarem mais clientes. Se você tem um negócio local, baixe agora gratuitamente este e-book.

Acesse aqui o e-book

Para conseguir captar mais alunos utilizando o Inbound Marketing como estratégia, é preciso respeitar o tempo da jornada de compra e entender que nem todo mundo que acessou o seu site pela primeira vez está pronto para fazer a matrícula. E, claro, saber com quem está falando. Sem entender qual é o seu perfil de cliente ideal, muita munição pode ser gasta até você encontrar o tom para conversar com ele.

Se você quer saber com mais detalhes como as 4 etapas da jornada de compra se desenham, a gente tem um post aqui no blog exclusivo sobre o assunto.

3 dicas de ouro para captar alunos através do Inbound Marketing

Bom, acreditamos que você já tenha entendido que o Inbound Marketing é uma estratégia que tem o conteúdo rico e de qualidade como trunfo para fazer a diferença no meio digital, certo? Superado isso, vamos dar 3 dicas que você deve seguir na hora de utilizar o marketing de atração na hora de captar alunos:

1. Conteúdo de qualidade

Não, nós não vamos cansar de repetir isso! E, no caso das instituições de ensino, a coisa fica ainda mais séria: imagine só o prospect acessar o blog de uma instituição de ensino e encontrar blogposts cheios de erros ortográficos, com um texto confuso ou, pior, que faz ele perder tempo lendo um texto que não cumpre o que prometeu no título.

O conteúdo que você produz deve ser adequado para as quatro etapas da jornada e, é bom lembrar: a maioria dos seus prospects está nas duas primeiras etapas e apenas alguns estão prontos para se decidir pela sua instituição.

2. Tenha constância nas redes sociais

Não adianta nada ter um conteúdo bem feito e postar quando dá. É preciso que você se mantenha presente na vida ― e nos algoritmos ― dos seus prospects. Elabore um calendário editorial e o siga à risca, além de se manter atento às mensagens recebidas e interações na página. Isso faz com que você mantenha um relacionamento próximo do público e ajuda as plataformas a entenderem que sua página é interessante, consequentemente, aumentarem o alcance orgânico (não pago).

3. Landing pages

Elas são poderosas quando o assunto é captação de leads e podem ser utilizadas na sua estratégia de Inbound Marketing. Inclua no seu planejamento de conteúdo a elaboração de materiais ricos, os e-books. Eles são ótimas “iscas” para que o prospect dê a você dados valiosos.

Dica bônus: um dos formatos utilizados em blogposts que pode ser especialmente efetivo para instituições de ensino são os testemunhais. Neles, um ex-aluno é convidado a escrever sobre um tema, normalmente, contando como foi o período junto à instituição e o que ela agregou na sua vida. O marketing boca a boca 2.0 é um ótimo aliado na hora de captar alunos para a sua instituição.

Na hora de captar mais alunos ou de reter aqueles que a sua instituição já conquistou (ah! Essas dicas também podem ser adaptadas para nutrir os alunos) o Inbound Marketing pode ser a estratégia mais acertada para fazer a sua instituição se destacar no mercado de ensino.

Quer saber como fazer com a ajuda de especialistas no assunto? Entre em contato com a Tsuru e vamos juntos captar mais alunos!

E-book: Facebook para negócios locais