Para acompanhar as mudanças que vêm acontecendo na sociedade, como a transformação digital, as instituições de ensino mudaram a forma de se posicionarem frente ao seu público. Com as pessoas mais presentes em ambientes virtuais, dispositivos como o smartphone ganharam mais importância em nosso dia a dia. Por isso, é muito importante se posicionar virtualmente. É nesse momento que seu negócio educacional deve contar com o marketing digital que, além de mostrar sua marca, ajudará na retenção de alunos.

E estar na internet apenas por estar é um grande erro. Deve-se contar com um planejamento estratégico, que definirá qual rumo sua comunicação terá no virtual. Para lhe ajudar, preparamos este artigo. Além de explicarmos como o marketing digital melhora a sua taxa de retenção de alunos, mostraremos alguns erros e acertos ao executá-lo. Continue a leitura e saiba mais!

Como o marketing digital melhora a retenção de alunos na sua instituição de ensino

Quando falamos em instituição de ensino, é primordial ter em mente que ela conversa com dois públicos: o influenciador, que geralmente é o aluno, e o decisor, que são os pais. Então, é indispensável ter uma estratégia digital. Porque, por meio dela, você poderá conversar com suas personas. Também, se posicionará e poderá compartilhar suas diretrizes e ideais, além de conteúdos relevantes, fazendo sua instituição se tornar uma autoridade no assunto. Tudo isso, influenciará na captação de novos alunos e fidelização daqueles que já fazem parte da instituição.

E a retenção de alunos proporciona, até mesmo, mais economia à escola ou à universidade. Uma célebre frase dita por Philip Kotler, considerado o pai do marketing, diz que: “Conquistar um novo cliente custa entre 5 e 7 vezes mais do que manter um atual“. Ou seja, captar um novo aluno mexe mais no orçamento do que manter aqueles que já estão matriculados.

O marketing digital ajuda nesse processo de retenção, por meio de suas ferramentas e estratégias. Não só por meio do conteúdo, mas, por exemplo, utilizando serviços básicos on-line, sempre focando na experiência do aluno. Quanto mais próximo ele se sentir da instituição, melhor será sua vivência.

Já quando mencionamos o ensino superior, com uma boa estratégia de marketing digital, é possível atuar na retenção e acompanhamento de alunos e ajudar a melhorar a nota da instituição junto ao MEC. Afinal, a Portaria Normativa nº 8, do Ministério da Educação estipula o Indicador de Trajetória dos Estudantes como fator do cálculo que define a qualidade dos cursos. Esse indicativo considera o número de egressos, de ingressantes e de permanência.

Ainda, o marketing digital permite que a organização fique presente durante todo o ano na rede, e não somente em campanhas de matrículas. Outra vantagem que proporciona é a criação de um relacionamento com quem acompanha seu negócio.

Erros e acertos de instituições ao usar o marketing digital

Como você viu, é muito importante contar com um planejamento estratégico de marketing digital para melhorar a retenção de alunos. Não basta apenas ter uma lista de e-mails e disparar mensagens. Até porque, agora, com a nova Lei Geral de Proteção de Dados, é preciso ter consentimento das pessoas. Para ilustrar melhor, na sequência, mostraremos alguns erros cometidos pelas instituições e, depois, 3 acertos.

3 erros do marketing digital para instituições de ensino

O primeiro, que nem listamos, sem dúvidas é a execução de ações, sem ter um planejamento de marketing. Isso irá fazer com que sua instituição cometa outros erros, como:

1. Não conversar com a sua persona

Ao definir uma estratégia de marketing, será identificada a sua ― ou suas ― buyer personas. Ela quem dita o tom que sua comunicação terá, quais canais serão utilizados e a frequência dos contatos. E é preciso ter atenção a isso, porque, nas escolas, geralmente, a persona se divide em influenciador (o aluno) e o decisor (os pais).

[Webinar]

Não deixe o seu marketing em quarentena. Saiba o que fazer!

Webinar sobre os desafios da quarentena para o mercado e ações práticas de marketing que você pode executar para diminuir os impactos da crise e te ajudar a passar por este momento.

Acesse aqui e assista agora

2. Não estabelecer e acompanhar métricas

Deixar de definir os indicadores de desempenho é outro erro do marketing digital. Determinar quantos leads você quer gerar, quantas conversões etc., são algumas métricas básicas a serem pré-estabelecidas. Acompanhá-las regularmente é tão importante quanto institui-las. Afinal, assim será possível saber se sua estratégia está dando certo e, caso não, o que mudar.

3. Atrair, mas não fazer a conversão de alunos

Não basta apenas contar com ações que atraiam os leads, é preciso converter em matrículas. Por isso, produzir um conteúdo de qualidade, que mostra autoridade no assunto, além de expor sua presença on-line, ajudará a conquistar mais alunos. Afinal, realizar campanha de marketing apenas em época de matrícula, como muitas instituições fazem, não transmite, diariamente, os valores da sua marca no digital.

3 acertos do marketing digital para instituições de ensino

Agora que você viu 3 erros do marketing digital e que não ajudam na retenção de alunos, separamos 3 práticas que são verdadeiros acertos. Confira e, se você ainda não as faz, comece o quanto antes.

1. Invista em Inbound Marketing e conteúdo

O marketing de atração é excelente para criar conexões e traz bons resultados para as instituições de ensino. Ele as ajuda a se aproximarem de suas personas, pois têm foco na construção do relacionamento e educação do prospect. E o conteúdo de qualidade, coerente e planejado, fará com que sua estratégia dê resultado.

2. Foque no mobile

Muitas pessoas acessam a internet pelo smartphone, especialmente os jovens. Tanto que, conforme a 31ª edição da Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, há 242 milhões desses dispositivos no Brasil. Tanto que já é um fator de ranqueamento do Google, sites que sejam responsivos e adaptados para o mobile.

3. Conte com um especialista

Como o marketing digital deve ter constância, é preciso que pessoas estejam à disposição para realizar, com eficiência, a estratégia de comunicação. Por isso, um acerto é contar com um parceiro especialista no assunto, como é o caso da Agência Tsuru.

Viu como o marketing digital pode ajudar na retenção de alunos na sua instituição de ensino? Caso tenha alguma dúvida, deixe-a aqui nos comentários. E aproveite para ler Marketing educacional: o que as instituições estão fazendo para estarem mais próximas à nova geração.