Se você já deu seus primeiros passos no Inbound Marketing, já deve ter topado com a expressão “funil de vendas” nas suas pesquisas. Realmente, esse é um assunto que tem tudo a ver com estratégias de marketing digital e conhecê-lo vai ajudar você a estruturar melhor as suas ações.

Mas, se você ainda não sabe direito o que é e como funciona o funil de vendas, não tem problema! Neste artigo, vamos te explicar de uma maneira bem simples:

  • O que é um funil de vendas;
  • Quais as etapas que o compõem;
  • Como montar o seu funil de vendas.

Então, vamos começar com o que trouxe você a este artigo.

O que é um funil de vendas

Ele nada mais é que o caminho que um cliente percorre desde o primeiro contato com a sua marca até a conclusão da compra. O funil de vendas leva em conta que existe uma jornada a ser empreendida para que a venda se conclua e que isso não é feito de uma vez só, mas que há um processo de aproximação entre você e o seu potencial cliente.

O funil também ajuda você a compreender a maturidade do seu prospect, afinal, quem acabou de conhecê-lo nem está pensando em adquirir o seu produto ou serviço. Por isso, o funil de vendas é um guia para que você saiba quem está onde e qual conteúdo deve ser oferecido.

Mas, para isso ficar mais claro, é preciso conhecer as etapas que fazem parte do funil de vendas.

As 3 fases do funil de vendas

O funil é dividido em três etapas que irão ajudar você a identificar onde o seu prospect está e qual ação deve tomar.

Topo de funil

Como você pode imaginar, a “boca” do funil cabe bastante gente! Aqui, no topo, estão aquelas pessoas que acabaram de descobrir o seu produto ou serviço. Elas estão fazendo o seu primeiro contato e fechar negócio com você ainda é uma ideia bem distante, pois ainda estão na fase de descoberta e aprendizado. Aqui, elas ainda não têm um problema claro e estão descobrindo isso.

O topo é composto por visitantes, aqueles que estão tendo o primeiro contato de fato, e por leads que estão posicionados um pouquinho abaixo dos visitantes (eles já deixaram algum contato, baixando um material, por exemplo), mas ainda estão apenas se informando no topo do funil e já acessaram algum outro conteúdo, mas ainda bastante genérico e sem pretensão de venda.

Meio de funil

Se você trabalhou bem o seu funil de vendas, os seus visitantes e leads agora são oportunidades de negócio. No meio do funil, esses prospects já sabem que têm um problema e já estão prontos para conhecer algumas soluções ― inclusive a sua!

Mas, preste atenção: a sua solução deve ser uma das opções, não a única.

E-BOOK

Facebook para negócios locais

Um guia prático, com passo a passo, para negócios locais alcançarem mais clientes. Se você tem um negócio local, baixe agora gratuitamente este e-book.

Acesse aqui o e-book

Fundo de funil

Agora, sim! Agora você pode se vender à vontade e mostrar para o lead que você é a melhor opção. Chegar ao fundo do funil, depois de ter passado por toda a fase de descoberta do problema e consideração da solução é um indicativo de ele está pronto para fechar negócio. Aqui, é a fase da decisão de compra.

Estima-se que apenas 3% de todos os seus leads estejam no seu fundo de funil e é bem provável que eles fechem com você: afinal, foi a sua empresa que o acompanhou por todo esse trajeto, oferecendo conteúdo de qualidade e informando sobre a melhor forma de resolver o problema dele.

É importante que você perceba que o funil de vendas leva o tempo e o conteúdo como peças-chave para o sucesso da estratégia, então, nada de focar no fundo de funil e esquecer de converter visitantes em leads e, posteriormente, leads em oportunidades de negócio.

Como montar o seu funil de vendas

Agora que você já entendeu o que é um funil de vendas, chegou a hora de entender como montar o seu.

Mapeie a jornada de compra

Conhecer a sua persona é o pontapé inicial de qualquer estratégia de marketing, não só de quando falamos de funil de vendas. E aqui, ela tem um papel fundamental: vai ajudar você a descobrir como acontece a jornada de compras, desde o momento em que você foi “descoberto” até o fechamento.

Converse com os clientes-exemplo da sua empresa e pergunte a eles se houve algum problema na jornada, como eles o conheceram e o que os levou a fechar negócio.

Defina milestones

Mais um termo para a sua coleção! As milesotnes são os marcos que você vai estipular que mostram quando o seu prospect avança de etapa. Por exemplo: um visitante que baixa um e-book se torna um lead, um lead que acompanha um webinar pode se tornar uma oportunidade de negócio. Estipule esses marcos para desenvolver ações que o façam avançar no funil.

Planeje os conteúdos para cada etapa

Não esqueça o que falamos lá no começo: as vendas não acontecem de uma hora para outra e é preciso percorrer um caminho até o fechamento. O seu conteúdo deve levar isso em consideração e ser desenvolvido de acordo com a maturidade do prospect.

Estruturar e acompanhar um funil de vendas vai fazer você conquistar outra coisa muito cobiçada no marketing digital: a assiduidade e confiança de quem o acompanha.

Agora que você já sabe tudo sobre funil de vendas, que tal contar com a ajuda especializada da Agência Tsuru para montar o seu? Entre em contato conosco!

E-book: Facebook para negócios locais