No artigo de hoje, vamos falar sobre a era digital e gostaríamos de começar um pouquinho diferente. Vamos falar de você: provavelmente, no último ano, você realizou alguma compra, certo? Não precisa ser um imóvel ou um carro, mas uma roupa, um celular, um acessório, enfim, alguma coisa você adquiriu nos últimos 12 meses. Agora, responde para a gente uma coisa: em qual momento a internet auxiliou nessa compra?

Mesmo que ela tenha ocorrido em uma loja física, arriscamos dizer que você utilizou a internet em algum momento da sua jornada de compra para pesquisar a marca, as opiniões de quem já comprou, para dar aquela conferida na empresa com a qual está negociando… Se foi isso que aconteceu com você, parabéns, você já está inserido no mundo do marketing 4.0, a era digital!

Já falamos aqui no blog como a sua empresa deve se preparar para atender o consumidor 4.0 e o artigo de hoje segue o assunto contextualizando, agora, sobre o marketing 4.0. Então, vamos lá!

Marketing 4.0: a verdadeira era digital

O conceito, elaborado pelo professor universitário e um dos grandes gurus do marketing, Philip Kotler, foi esmiuçado no livro Marketing 4.0: do tradicional ao digital e fala sobre a revolução que vivemos na era digital.

Ok, você já deve estar cansado de saber que estamos um processo de transição do mundo off para o online e que tecnologia é importante. Mas, esse conceito fala muito mais sobre relações entre empresa e consumidores que sobre ferramentas de marketing.

Mais que apenas manter a página no Facebook atualizada e ter um anúncio ou outro no Google, viver a era digital nas empresas diz respeito a estudar as preferências e entender os impactos profundos que as relações digitais têm no nosso cotidiano ― e nas relações de consumo.

Esse é um ponto que merece atenção, pois é um grande erro de muitos empresários, gestores e diretores de marketing. Eles apenas colocam as ferramentas no seu planejamento estratégico, mas vendem do mesmo jeito que vendiam com o marketing tradicional.

Estes são alguns dos pontos mais importantes da era digital:

  • a horizontalidade das relações marca-consumidor, onde agora se tratam de igual para igual através dos mais variados canais;
  • o que antes era exclusivo, agora precisa ser inclusivo. As pessoas têm cada vez mais senso de comunidade e associar-se a mercados emergentes é essencial;
  • embora a decisão de compra ainda seja totalmente individual, as opiniões da comunidade digital importam.

Ou seja, para colocar a sua empresa na era digital, é preciso um modelo de negócios horizontal, inclusivo e social.

VÍDEO

4 passos para contornar a crise e aumentar suas vendas

Acesse aqui e assista ao vídeo

Marketing: do 1.0 à era digital

Talvez você não conheça o autor que citamos acima, mas, com certeza, já teve contato com os seus conceitos: marketing 1.0, 2.0, 3.0 e, hoje, o 4.0. Entender as eras do marketing é fundamental para que você entenda o processo como um todo, não apenas uma forma de propagar o seu produto ou serviço.

Marketing 1.0

Aqui, o foco era totalmente voltado ao produto. Como tornar a produção mais eficiente? O negócio aqui era fazer com que o consumidor se adaptasse ao produto e buscar as soluções mais baratas possível para atingir as massas.

Marketing 2.0

Com o crescimento da concorrência, veio a necessidade de diferenciação. É neste momento que as empresas passam a ouvir o consumidor e produzir para ele. E, como ele tem mais opções, se torna muito mais exigente. É com a chegada do Marketing 2.0 que as empresas passaram a buscar identificação com o público, separando-o em nichos de público-alvo.

Marketing 3.0

Com a chegada da era 3.0, as empresas entenderam que as pessoas podem até se “juntar” em segmentos, mas que cada pessoa é única. É aqui que as marcas buscam valores mais humanos e passam a tratar o potencial cliente como uma pessoa, com ideias, mente, coração e valores. O consumidor já não espera que uma marca produza e venda seus produtos, ele espera se identificar com ela.

Marketing 4.0

A chegada da era digital não significa que a era 3.0 esteja defasada. Longe disso! Mais do que nunca é necessário gerar identificação com o consumidor, mas isso, agora, tem a tecnologia no centro de tudo, especialmente, das relações entre consumidor-consumidor e empresa-consumidor.

Depois de uma retrospectiva nas eras do marketing fica mais fácil entender que, hoje, a tecnologia deve ser incorporada nas estratégias de forma diferente que aquela que fazíamos há não muito tempo atrás, não é mesmo? E, como vivemos em constante transformação, social e tecnológica, é claro que o marketing deve trabalhar para evoluir em parceria.

E aí, a sua empresa está preparada para entrar de vez na era digital ou ainda precisa rever o seu modelo de negócios? Se você não sabe responder a essa pergunta, fale com um dos especialistas da Agência Tsuru para um diagnóstico!

Campanha Renove-se 2019