O conceito de nutrição de leads é bem claro: o de manter alimentadas de informações aquelas pessoas mais propensas a adquirir um determinado produto ou serviço. Gerar leads tem muita importância, mas isso não basta. É preciso permanecer na lembrança daqueles que, em algum momento, demonstraram algum interesse pelo trabalho realizado pela sua empresa.

Antes de qualquer coisa, vale dizer que a automação de marketing e a nutrição de leads estão diretamente ligadas, uma vez que é preciso manter esse público sempre informado a fim de envolvê-lo e fazê-lo entender que o seu negócio é uma espécie de doutor no segmento em que atua e é, de longe, a melhor opção dentre as disponíveis no mercado. Juntas, automação e nutrição irão ajudá-lo a preservar o relacionamento com essas pessoas que passaram pelo seu site, deram pistas de que podem vir a se tornar clientes no futuro e também para aquelas que sequer têm ideia de que podem realizar, em algum momento, compras no seu site. Cabe a você fazê-las descobrirem que têm essa necessidade.

Quando um lead passa pelo seu canal e deixa o e-mail registrado, por exemplo, você deve correr atrás de mais informações que ajudem a traçar o perfil dessa pessoa e, a partir disso, alimentá-lo com um conteúdo específico, que esteja de acordo com os seus interesses e necessidades. É dessa maneira que a sua empresa vai, aos poucos, levando mais leads para dentro do funil de vendas. O que isso quer dizer? Quer dizer que a cada etapa conquistada, isto é, a cada nova conversão realizada, mais próximo da conclusão da compra o lead estará.

Acelere as suas vendas

O objetivo maior da nutrição de lead é muito claro: o de acelerar as vendas de forma eficaz e nada precipitada. É preciso conhecê-lo e, mais do que tudo, saber identificar em que estágio se encontra, de modo que seja enviado a ele um conteúdo que o leve, aos poucos, à conclusão da compra. De um modo geral, isso não acontece na primeira visita ao site. O que a sua empresa deve fazer é manter-se viva na memória desse potencial cliente depois que este sai do seu canal, para que, ao amadurecer a ideia da compra, ele não pense duas vezes antes de ir direto para o seu site.

Aumente a chance de seu e-mail ser lido

Existem algumas táticas que aumentam as chances de os leads abrirem o e-mail enviado pela sua empresa. Uma delas é personalizá-lo. E-mails que vêm com o nome do destinatário no campo assunto têm mais chances de serem abertos. Além disso, levar um conteúdo que  encurte o caminho até a conversão ou que o lead, numa etapa anterior, tenha demonstrado interesse, geralmente também traz resultados positivos. Vá, aos poucos, alimentando esse público com um conteúdo relevante, de modo que ele, numa ocasião futura, volte ao seu site já disposto a adquirir o seu produto ou serviço. Faça isso através desses e-mails. Ao se deparar com uma mensagem que esteja de acordo com o estágio em que o lead se encontra no funil de vendas, mais propenso a abri-lo ele estará.

[Webinar Gratuito]

Estratégias digitais para negócios B2B enfrentarem a crise.

Neste webinar gratuito gravado em uma participação da SMV Brasil, Vitor Guerson, CEO da Tsuru, esclarece como negócios B2B podem extrair bons frutos de estratégias de marketing digital nesse momento de crise mundial.

Acesse aqui e assista agora

Conheça seus leads

Quanto mais informações você tiver dos seus leads, melhor. Saiba quais são os padrões de comportamento, quais são as rejeições mais comuns e envie mensagens específicas para cada grupo de pessoas, respeitando sempre o que elas buscam e em que etapa se encontram. Cadastros são muito bem-vindos, mas convém pedir as informações aos poucos, de modo que o preenchimento não seja algo tedioso e que culmine na interrupção do processo.

Nutrição de leads é um assunto que merece a atenção de quem deseja realizar conversões diversas no site e sabe quão importante é ter um ótimo relacionamento antes da compra, durante e também depois. É o seu caso? Então não deixe de nos procurar! Fale conosco.