Ao enviar e-mails para os seus leads, você precisa ter em mente o seguinte: tais mensagens precisam ter o poder de converter leads em clientes, seja por afinidade com o produto ou serviço de sua empresa, seja para efetivamente aumentar o número de vendas.

Como seus e-mails vêm sendo recebidos? Como estão as taxas de abertura? E as de cliques? É preciso saber esses dados para definir melhor os intervalos entre os envios, para ter noção da receptividade que eles têm e também para entender em que momento cada tipo de mensagem deve ser enviada. A seguir, falaremos exatamente sobre os tipos de e-mails que existem para manter a nutrição de seus leads.

1. Mande uma mensagem de boas-vindas

Para início de conversa, um tipo de e-mail fundamental para começar um relacionamento com potenciais clientes é o de boas-vindas. Uma maneira de atrair a atenção das pessoas para o seu site é oferecendo algum tipo de vantagem. Que tal pedir os dados cadastrais àqueles que manifestaram interesse em baixar um ebook gratuito da sua empresa, por exemplo? Quem está disposto a receber este tipo de material, geralmente não hesita em informar os próprios dados em troca do acesso a um conteúdo exclusivo. Faça isso e tão logo os dados forem fornecidos, envie uma mensagem automática com acesso ao conteúdo do interesse desse visitante. Não deixe de desejar as boas-vindas ao seu canal aqui, nesta etapa, é claro. As taxas de abertura e de cliques, cujas importâncias você já conhece, tendem a ser elevadas nesse primeiro momento.

Não há necessidade de se limitar a apenas um modelo de mensagem de boas-vindas. Se preferir elaborar um específico para cada tipo de público, ótimo. Vá em frente! Seja um bom anfitrião. Não deixe de saudar os novos leads e coloque-se sempre à disposição nessa primeira mensagem, afinal de contas, uma boa primeira impressão é tudo.

2. Atice a curiosidade dos seus leads

Que tal enviar e-mails que gerem uma expectativa nos seus leads? Antes de qualquer coisa, vale dizer que é preciso ter muito cuidado nesta etapa para não elevar demais essas expectativas e não acabar sugerindo algo que sua empresa não pode cumprir. Dito isto, aposte numa dose de suspense aliada a um conteúdo criativo, que prenda a atenção das pessoas e as façam querer esperar pela próxima mensagem. Ao elaborar esses e-mails, coloque-se no lugar do seu público por um instante e pergunte-se: o que verdadeiramente me surpreenderia? A resposta irá ajudá-lo a definir melhor o teor dessa mensagem.

3. Envie a mensagem certa para continuar a nutrição

A nutrição é um processo de manutenção de leads, em que estreitar laços e fortalecer o relacionamento por meio do envio de mensagens certas nos momentos certos são cruciais. É importante alimentar essas pessoas com informações ricas e relevantes, de modo que o nível de interesse delas vá crescendo gradativamente. Desta forma, a conversão de leads em clientes acaba sendo uma consequência natural. Call to actions nessas mensagens são muito bem-vindos, visto que dão aos leads acesso a mais informações sobre a sua empresa.

[Webinar]

Não deixe o seu marketing em quarentena. Saiba o que fazer!

Webinar sobre os desafios da quarentena para o mercado e ações práticas de marketing que você pode executar para diminuir os impactos da crise e te ajudar a passar por este momento.

Acesse aqui e assista agora

Conquiste a confiança dos leads. Abasteça-os com conteúdo de valor e que contribua para manter o seu negócio e o seu público cada vez mais interligados. É importante ressaltar que cada etapa do relacionamento (jornada de compra) requer um tipo de mensagem. Leve em consideração as respostas que os leads dão com suas ações. São elas que o ajudarão a definir o tipo de conteúdo que deverá ser abordado na mensagem seguinte.  

Conquiste a confiança dos leads. Abasteça-os com conteúdo de valor e que contribua para manter o seu negócio e o seu público cada vez mais interligados.

Defina com que regularidade esses e-mails devem ser enviados e mande ver! É importante também criar uma rotina de envio de mensagens educativas e interessantes para os seus leads se você quiser mantê-los fiéis aos seu negócio.

4. Aposte em listas para gerar interesse pela leitura

Envie e-mails mais enxutos e/ou que causam esta impressão. Num mundo cada vez mais acelerado e em que cada minuto é de ouro, textos que sugerem uma leitura mais prática e mais rápida são um convite à leitura. As listas são um bom exemplo disso, visto que dão a ideia de algo mais dinâmico e nada arrastado, ao contrário da impressão que os longos e intermináveis textos corridos podem causar. Isso não significa que estes não tenham o seu valor, mas se a intenção aqui é fisgar mais pessoas e trabalhar o nível de interesse delas, o foco deve ser produzir conteúdos que mais agradem esses leads.

Temos outros modelos de emails que podem (e devem!) ser adotados por empresas determinadas em conquistar ainda mais e em fidelizar leads.  Quer conhecê-los? Então entre em contato conosco!

E-book: Facebook para negócios locais