Muitas empresas, por algum tempo, foram “se virando” com as estratégias que envolvem o online, tratando o digital à revelia, no melhor estilo “posta quando dá”. O final da história é bem previsível: mais uma empresa dizendo que “marketing digital não dá resultado”. Agora, se você chegou até aqui é porque sabe que esse terreno pode ser muito bem explorado e que uma boa agência de marketing digital faz toda a diferença, certo?

É nesse momento que, por desconhecimento, muitos empresários acabam errando na escolha. Assim como houve o boom do digital, que transformou muitas estratégias com a chegada do Inbound Marketing, também houve um estouro no número de agências.

Grande parte delas eram agências de outbound e que, com a diminuição da demanda por publicidade tradicional, precisaram se adequar e passaram a atender também como agências de marketing digital. Enquanto isso, outras nasceram com foco na internet, montando equipes inteiras especializadas no assunto.

Para ajudar você a acertar na escolha, elaboramos este artigo com alguns dos critérios mais importantes para você levar em conta antes de fechar a parceria com uma agência de marketing digital. Acompanhe!

5 critérios para avaliar em uma agência de marketing digital

A agência se apresentou como a vanguarda das estratégias em marketing digital. Mas, será que é verdade? Confira os critérios essenciais para se certificar de estar contratando parceiros qualificados.

Quem muito promete pouco cumpre

Você marcou a reunião, conheceu a agência e ficou boquiaberto com tudo o que foi prometido. Primeira página do Google, milhares de visitantes, curtidas nas redes sociais, tudo em pouco tempo e com uma fórmula que, pasme!, apenas eles conhecem. Falando assim, em apenas 3 linhas, já dá para perceber que vem aí um pouco de enrolação, não é mesmo? Mas, infelizmente, essa prática ainda é bastante comum no mercado.

Isso porque o marketing digital é um universo complexo e que, por mais que ele possibilite a previsão e adequação de táticas durante a campanha, é um campo que envolve muitas variáveis ― e muitas delas não tem a ver com o trabalho da agência. Ações da concorrência, falta de produtos, problemas com logística, variações de mercado e outros fatores podem abalar os resultados. Uma agência séria sabe disso e não cria expectativas que não pode superar.

Um ponto comum entre as agências que ainda insistem em manter essa postura ludibriosa é a rotatividade de clientes. Uma grande dança das cadeiras mostra que os clientes permanecem com a agência pelo tempo mínimo e vão embora assim que podem ― levando apenas uma grande frustração como experiência.

O preço não é tudo

Você sabe melhor que ninguém que uma empresa gera custos. Com uma agência de marketing digital não é diferente. Normalmente, quanto mais especializada, maior será o valor cobrado pelo serviço, afinal, é preciso uma equipe multidisciplinar treinada e constantemente atualizada para manter os bons resultados.

E-BOOK

Aprenda a investir em Marketing Digital sem medo de errar!

Um guia básico com o passo a passo para pequenas e médias empresas atingirem e conquistarem clientes na internet.

Baixe aqui o e-book "Os primeiros passos para PMEs no Marketing Digital"

Contratar uma agência de marketing digital é uma escolha séria e nem apenas o preço deve ser levado em consideração. Valores mais baixos e promessas descabidas podem ser indícios de uma empresa que quer fechar negócio a todo custo, com equipe reduzida e, consequentemente, um trabalho mais superficial.

Melhor que falar é provar

Peça para conhecer os cases das agências em que está interessado. Uma agência comprometida não verá o menor problema em mostrar as ações que mais geraram resultado e uma lista de clientes satisfeitos.

Uma outra forma de atestar a qualidade do trabalho é entrando em contato com esses clientes. Procure- os no site, redes sociais ou na apresentação da agência.

E depois de contratada?

Conversar com os clientes, atuais ou antigos, também ajuda a descobrir se o padrão do atendimento se mantém depois de a sua conta ter sido conquistada. Existem muitos casos onde todo o empenho do atendimento é em fechar o negócio e, depois disso feito, o cliente fica cheio de dúvidas e sem nenhum respaldo.

Preste atenção nos serviços oferecidos

Aqui, existem dois casos: aquelas que oferecem tudo, do inbound ou outbound, do site aos outdoors. Parece ótimo ter uma única empresa cuidando da sua comunicação, mas isso leva ao que falamos anteriormente: oferecer todos esses serviços demandaria uma equipe enorme, cada um especialista em uma área, o que é praticamente impossível para agências de marketing de pequeno e médio porte.

De outro lado, temos empresas que se dizem especialistas em marketing digital, mas que têm uma gama limitada de serviços, ficando apenas no be-a-bá e não se atualizando, deixando passar ótimas oportunidades para a sua estratégia. E, você, claro, só vai saber dessas limitações na hora em que for analisar seus resultados ou solicitar uma demanda da qual a equipe nunca ouviu falar.

Agora que você já sabe os critérios que deve analisar na hora de contratar uma agência de marketing digital, que tal conhecer uma com cases concretos e muita expertise no assunto? Entre em contato com a Tsuru!

E-book: Facebook para negócios locais