Em 2005, Brian Halligan, CEO e cofundador do HubSpot, lançou um novo conceito: trata-se do Inbound Marketing, cuja ideia era a de propor uma nova maneira de fazer negócios online, isto é, de se apresentar e, com isso, conquistar, de forma mais precisa, novos clientes.

Enquanto no velho marketing a proposta é a de empurrar o produto ou serviço ao público, seja ele qual for, no Inbound Marketing esta relação é bem diferente, pois consiste em fazer com que as pessoas desenvolvam o interesse pela marca e sejam conquistadas para aí, então, passarem a consumi-la. De que forma fazer isso? Através do conteúdo, claro!

Inbound Marketing - Agência Tsuru

O caminho é basicamente este: atrair a atenção daqueles que são meros visitantes do seu site através de um conteúdo relevante e inteligente; transformá-los em leads (entenda aqui que tipo de conteúdo produzir para gerar mais), intensificar o trabalho de manutenção do interesse dessas pessoas e, por fim, fazer delas clientes do seu negócio.

Uma consequência interessante desse trabalho e que vale a pena ser dita é que todo esse processo de conquista do público e que tão bem caracteriza o Inbound Marketing gera defensores espontâneos da marca. Isso porque as pessoas, mesmo antes de se tornarem clientes, se identificam com o que as empresas dizem em seus canais e saem em defesa delas sempre que necessário, uma vez que já se estabeleceu uma relação de extremas confiança e admiração. No velho marketing, porém, esse tipo de postura não é comum, visto que não é realizado um trabalho mais focado em quem, de fato, tem potencial para se tornar, em algum momento, advogado da marca.

No Inbound Marketing, a ideia não é necessariamente a de realizar conversões de cara, mas sim de criar laços com as pessoas e trazê-las, pouco a pouco, mais para perto, de modo que a compra seja uma consequência natural. Uma vez atraído pelo conteúdo bem elaborado de um site, o usuário não pensa duas vezes quando a decisão de comprar é tomada.

 

[Webinar]

Não deixe o seu marketing em quarentena. Saiba o que fazer!

Webinar sobre os desafios da quarentena para o mercado e ações práticas de marketing que você pode executar para diminuir os impactos da crise e te ajudar a passar por este momento.

Acesse aqui e assista agora

Conteúdo certo para o público certo

Saiba o que o usuário busca e facilite a vida dele. Como? Entregando de bandeja o que ele quer, isto é, um conteúdo rico e que o satisfaça de alguma forma. Saiba o que as pessoas estão procurando e apresente-se como o melhor resultado de suas pesquisas. Aí, então, ao entrar no seu site, quem antes era apenas um visitante deixa de ser para se tornar um lead, visto que já foi despertado nele o interesse pelo seu conteúdo. Daí para frente o trabalho é o de preservar isso, de modo que ele volte mais e mais vezes, divulgue espontaneamente a quem tem interesses iguais, saia em defesa quando preciso for e, lógico, consuma o que a sua empresa oferece.

Produza um bom conteúdo para o blog da sua empresa, para as suas redes sociais, realize eventos, lance ebooks e vídeos, procure saber quais palavras-chave mais podem gerar fluxo para o seu site, enfim, apareça sempre nos resultados de busca do seu público-alvo e seja para ele a primeira e melhor opção.

Compra realizada, fim do trabalho?

Não! Ao fazer com que alguém realize uma compra em seu site, um grande e importante passo é dado, mas isso não é tudo. É aí que se fazem necessários pelo menos dois outros trabalhos: o de saber para onde essas pessoas vão depois da experiência de compra e o de manter vivo o interesse delas pela sua marca.

Você pode até ficar satisfeito com as conversões realizadas, mas não deve se acomodar com isso. Trabalhe para que elas se multipliquem, conquiste todos os dias seus clientes e assim, faça da relação público x marca uma relação duradoura.

Vamos continuar esse papo sobre Inbound Marketing? Entre em contato conosco para que possamos esclarecer dúvidas que você, porventura, tenha e para que o orientemos de que maneira a sua empresa deve apostar nesse modo mais eficaz de fazer marketing.