2020 foi um ano difícil para as instituições de ensino privadas. De acordo com o Censo Escolar 2020, foi registrada uma queda de 579 mil matrículas, se comparado a 2019. Diante desses números, a prioridade está em repensar as estratégias que levam à captação e retenção de alunos. A metodologia Inbound Marketing, ou “marketing de atração”, tem apresentado bons resultados e pode ajudar na retomada do setor.

Diferente do método tradicional, esse modelo foca na construção de um relacionamento com o público. Por meio do conteúdo, mídia paga e redes sociais, o Inbound passa por todas as etapas da jornada da persona. Desde a primeira curtida até a conversão, de fato, toda a base de leads é acompanhada de perto e nutrida com materiais importantes. Mais que “vender” a instituição, o foco está em construir autoridade e manter a marca sempre próxima do prospect.

Mas esses são apenas alguns dos motivos pelos quais a Agência Tsuru recomenda a metodologia Inbound Marketing para diversos setores. Neste artigo, vamos explorar melhor esse método aplicado às instituições de ensino, as vantagens para esse mercado e como ele ajuda, inclusive, a aumentar a nota de cursos de graduação no MEC. Acompanhe e conheça os detalhes.

Metodologia Inbound Marketing: por que essa é a melhor escolha para instituições de ensino

Seja uma escola de educação básica ou uma instituição de ensino superior, o fato é que a maneira de se posicionar mudou muito nos últimos anos. Com os consumidores mais informados e a internet trazendo todas as respostas em um clique, ganhar a confiança do público e manter um relacionamento, agora, são fundamentais para a sobrevivência de qualquer marca.

Porém, uma relação de longo prazo deve ser construída. E a metodologia Inbound Marketing prevê isso, trabalhando a jornada de compra desde o primeiro contato até a conversão. Para isso, utiliza uma série de ferramentas, como as redes sociais, automação, criação de conteúdo e mídias pagas para atrair, reter e fidelizar o lead.

Cada uma dessas ações cumpre um propósito, que é se adequar para atingir a persona. As mídias sociais, por exemplo, podem se comportar de forma diferente das campanhas de e-mail marketing. Aqui, vale uma ressalva: determinar quem se quer alcançar é o primeiro passo para uma estratégia bem-sucedida. Afinal, é esse perfil que direcionará toda a comunicação. Nas instituições de ensino, é preciso ter cuidado especial na hora dessa definição, uma vez que, nem sempre, o decisor da compra é o aluno!

[Webinar]

Não deixe o seu marketing em quarentena. Saiba o que fazer!

Webinar sobre os desafios da quarentena para o mercado e ações práticas de marketing que você pode executar para diminuir os impactos da crise e te ajudar a passar por este momento.

Acesse aqui e assista agora

Uma das grandes vantagens desse modelo é que ele atua na retenção dos estudantes. Isso é um fator importante, especialmente, para as instituições de ensino superior. A Portaria Normativa nº 8, do Ministério da Educação, diz que os cursos de graduação terão o Indicador de Trajetória dos Estudantes como parte do cálculo que determina a qualidade dos cursos. Nesse indicador são considerados os números de egressos, de ingressantes e, também, de permanência. Portanto, a metodologia Inbound Marketing, ao trabalhar ações de retenção e de acompanhamento dos alunos, consegue ajudar a melhorar a nota da instituição junto ao MEC.

Por onde começar: as dicas da Agência Tsuru para instituições de ensino

Nos mais de cinco anos de experiência com a metodologia Inbound Marketing, a Agência Tsuru já atendeu diversos clientes do segmento da educação. “Hoje, contamos com parceiros estratégicos, como RD Station, Facebook e Google. Então, a agência tem uma estrutura completa para direcionar ações de marketing com base no Inbound. Com o know-how adquirido, pudemos entender melhor o que funciona para esse setor e o que fazer para alcançar os resultados”, comenta o CTO da agência, Thiago Dias.

Perguntamos à equipe o que ela considera fundamental para instituições de ensino iniciarem no Inbound com o pé direito. Confira na sequência.

  • Anúncios pagos: de fato, o ranqueamento orgânico é ótimo para a construção de autoridade. Mas é inegável que os resultados podem demorar muito mais para aparecerem. E é aqui que a mídia paga entra como uma ótima solução para dar uma força na divulgação. Com esse investimento, é possível criar atalhos para chegar onde quer. Isso porque é possível segmentar o público por região, sexo, idade, interesses, entre outros filtros.
  • Mídias sociais: elas têm um papel importantíssimo no relacionamento que se quer criar com o público e, por isso, são essenciais para o sucesso da estratégia. Porém, são diferentes entre si e conhecer essas nuances é o que potencializa as ações.
  • Conteúdo: ele é a principal moeda de troca da internet. Sem um conteúdo atrativo e que, realmente, seja interessante para o prospect, fica quase impossível transformar um visitante em um lead

Claro, esses são apenas alguns dos pontos que precisam ser considerados na metodologia Inbound Marketing. Muitas outras ações podem ser definidas, a depender dos objetivos de comunicação. Agora que você já sabe por que a agência Tsuru indica essa metodologia para as instituições de ensino, entre em contato e agende uma conversa.