Em outubro, a capital de Santa Catarina foi palco do RD Summit 2017, o maior evento de marketing digital e vendas da América Latina. O evento reuniu mais de oito mil participantes e 150 palestrantes nacionais e internacionais que são referência no segmento, que se destacam por sua atuação com marketing, vendas e relacionamento de grandes empresas.

As palestras realizadas na ocasião tiveram como mote o lema desta edição: “Be so good they can´t ignore you”, que em bom português significa “seja tão bom que ninguém irá ignorá-lo” que, por assim dizer, é a grande premissa das ações de marketing. Hoje, nós, da Tsuru Agência Digital, que estivemos presentes no encontro, em Florianópolis, compartilharemos com você a nossa experiência no RD Summit 2017 e apresentaremos algumas lições extremamente úteis para quem entende a importância do marketing digital e quer estar sempre por dentro das novidades. Tome nota!

Be so good they can´t ignore you


Antes de tudo, uma dica que deve ser seguida à risca para alcançar o sucesso: apresente soluções para seu cliente. E lembre-se: hoje, mais do que nunca, o poder está nas mãos do consumidor. As relações de vendas evoluíram muito e o poder de decisão do cliente é que está ditando as regras do jogo. Para que a sua empresa fique em uma situação favorável neste cenário, é preciso se atualizar. É preciso inovar nas formas de vender e rever o papel do vendedor nesse processo. Para continuar retendo clientes, é preciso oferecer um conteúdo de qualidade. Cabe ao marketing desempenhar esse papel de distribuidor de informações relevantes. Cabe a ele também a função de levar mais visitas ao site, ao blog, enfim, aos canais digitais da empresa que representa.

Sensibilidade é a palavra da vez. O vendedor tem de usar isso no relacionamento com o público, tem de saber identificar a necessidade das pessoas, ter essa capacidade de entender o que o cliente precisa e de que maneira atendê-lo.

Hoje, mais do que nunca, o poder está nas mãos do consumidor. As relações de vendas evoluíram muito e o poder de decisão do cliente é que está ditando as regras do jogo.

Ensinamentos dos palestrantes do RD Summit

Muito conhecimento foi compartilhado nos dias do evento. Abaixo, alguns dos melhores insights que nós sugerimos que você aplique à rotina de sua empresa no marketing digital e vendas:

Jacco Vanderkooij, da Winning by Design, abriu as palestras falando de vendas, especificamente. Em suma, o especialista dissertou sobre como identificar o problema do cliente, como chegar à raiz dele, e entender que as trocas de experiências e de informações é que conduzirão esse relacionamento bom para as duas partes: a que oferece a solução (empresa) e a que a recebe (potencial cliente). Vanderkooij evidencia a importância do encantamento nessa relação, uma vez que é isso que fará com que o cliente se renda ao que a sua empresa tem a oferecer.

Avinash Kaushik, do Google, fez críticas ao marketing tradicional. Além de não trabalhar com métricas que ajudam a acompanhar os resultados em tempo real, este modelo de marketing só faz as empresas gastarem dinheiro sem necessidade.

Mikkel Svane, cofundador da Zendesk,  destaca a importância da simplicidade nas relações. Svane propõe que se deixe de lado experiências muito complexas e destaca a eficácia de tudo o que é mais simples, direto e objetivo. O palestrante lembrou também o novo papel do consumidor, mais empoderado, mais consciente de seus passos, o que é bom para as empresas que sabem usar isso a seu favor, isto é, que entendem quão bom isso pode ser para o relacionamento com os clientes.

Renan Dal Zotto, da seleção brasileira masculina de vôlei, jogou luz na importância do planejamento. O ex-atleta falou de sua experiência e de como o planejamento foi importante para que a seleção atingisse os seus objetivos e alcançasse as suas vitórias. Levando este ensinamento para o meio corporativo, entendemos que a chave do sucesso está nisso: em planejar-se antes de pôr qualquer ação em prática.

Lincoln Murphy, especialista em customer success. O empoderamento do cliente também ganhou destaque nas palavras de Lincoln Murphy, que evidenciou a importância das interações entre empresa e clientes. Para o especialista em relações com consumidores, o segredo está em entregar soluções para as pessoas. É isso o que torna as duas pontas da relação plenamente satisfeitas.

Martin Spier, do Netflix. O representante do serviço de streaming apresentou os 4 pilares da cultura da empresa: não ao controle de gastos, sem aprovação de reembolso, acesso liberado e não à política de férias. Ele apresentou também os 4 pontos da cultura da inovação: tomada de decisão independente, informação compartilhada com todos, apenas pessoas verdadeiramente efetivas e redução drástica de regras. Que tal adotar tais medidas no seu negócio?

Veronica Ahrens nos convida a usar mais a consciência. Em sua palestra, ela joga luz sobre a importância de questionarmos nossos valores,crenças, capacidades e comportamentos. Veronica sugere que trabalhemos melhor a nossa consciência, de modo que possamos nos conhecer mais e melhor e possamos usar isso de maneira mais inteligente e mais produtiva.

Ann Handley, cofundadora da MarketingProfs, falou sobre conteúdo. Segundo ela, há 4 momentos-chave para estabelecer o diálogo com abertura para venda, momentos esses propícios tanto para a abordagem quanto para relacionamento: dor, conversa, diagnóstico e troca. Handley sugere que se abra mão de estratégias de vendas muito engessadas e chama a atenção para a importância da comunicação, poderosa ferramenta, mas muito pouco utilizada, ultimamente.

Marcio Ballas, apresentador e improvisador, fala das oportunidades que criamos. Ele chama a atenção para o nosso potencial criativo no dia a dia e como isso pode ser aplicado nos negócios.

[Webinar Gratuito]

Estratégias digitais para negócios B2B enfrentarem a crise.

Neste webinar gratuito gravado em uma participação da SMV Brasil, Vitor Guerson, CEO da Tsuru, esclarece como negócios B2B podem extrair bons frutos de estratégias de marketing digital nesse momento de crise mundial.

Acesse aqui e assista agora

Sujan Patel, growth marketer da Web Profits. Não se limite a fazer publicações sobre o seu produto ou serviço. Vá além. Fale do seu segmento de atuação, do universo onde a sua empresa se encaixa. Esteja atento às informações que seus clientes espontaneamente lhe passam, os feedbacks, e transforme-os em melhorias e em cases de sucesso, depoimentos, enfim, faça de todo esse retorno conteúdo para alimentar as suas redes. As pessoas querem empresas mais humanizadas. Para isso, fale mais o que o seu público quer ouvir. Não se limite. Não fale exclusivamente sobre vendas. Compartilhe as boas experiências dos seus clientes. A palestra de Sujan Petel teve este enfoque.

Shawna Stephenson, consultora de marketing. Para ela, é fundamental produzir conteúdo dinâmico e personalizado, isto é, que tenha a ver com a alma da empresa. Além disso, Shawna levanta a bandeira dos e-mails de nutrição. Segundo a consultora, quantidade e frequência fazem toda a diferença nos resultados.

Marcos Piangers, especialista em inovação, palestra sobre os consumidores do futuro. Como se relacionar com esse novo público? O que querem? Como identificar as soluções que essas pessoas buscam? Ele propõe que consideremos o novo perfil do consumidor e pensemos em novas estratégias de divulgação.

A palestrante Martha Gabriel trouxe muitos insights ótimos, mas destacamos aqui um pensamento muito interessante: é preciso colocar sentimento em tudo o que você está vendendo. Precisamos dizer mais alguma coisa?

O que vem por aí

Chatbots, Inteligência Artificial, Influenciadores são as tendências para 2018. Fique atento a esses três elementos.

Chatbots

Com estes robôs, não há fila de espera no atendimento online, a relação prima sempre pela educação e o foco está nos objetivos do usuário. No próximo ano, 65% das empresas irão apostar na ferramenta.

Inteligência artificial

Facebook e Google têm conhecimento de informações de pessoas, fundamentais para qualquer negócio de olho no futuro. Se hoje a inteligência artificial já é uma realidade, em 2018, ela ganhará mais importância. Em resumo, computadores basicamente já “pensam como humanos”, mas ganham na agilidade e até mesmo no quesito inteligência. Em 2018, isso terá um peso maior.

Influenciadores

Hoje, encontramos influenciadores nos mais diversos segmentos, pessoas que falam com propriedade sobre um determinado assunto e que, por esta razão, são vistas como doutoras, como formadoras de opinião. A identificação que o público tem e a importância disso para a audiência serão ainda mais indispensáveis para os negócios no próximo ano. Identificar esses influenciadores é tarefa daqueles que veem 2018 como o ano das oportunidades.

Gostou dos insights do RD Summit 2017? Vamos continuar a conversa? Entre em contato com a Tsuru Agência Digital.

E assim foi o primeiro dia de #rdsummit2017 ???? amanhã tem mais… Acompanhe no Insta Stories da @agenciatsuru #rdsummit

Uma publicação compartilhada por Tsuru Agência Digital (@agenciatsuru) em

Campanha Planejamento 2021